Posts from the ‘… e os cabra acredita!’ Category

A portinhola do fundo do poço da vergonha alheia foi aberta

Daí que a Conceição Oliveira, do blog Maria Frô, me cobrou um comentário para esta frase de Aécio

Eu poderia falar que Minas é um estado, o Brasil é um país com vinte e tantos estados, e que isso é falta de noção e tals.

Mas antes que eu pudesse conceber qualquer raciocínio mais elaborado do que “é a República do Pão de Queijo, da qual o Brasil é sub-sede”, José Serra, o Lucas Celebridade do PSDB (e Lucas Celebridade que me perdoe de usar seu célebre nome em vão) abre a boca e me solta esta aqui:

 

Não sei qual das três caras tá melhor nessa foto. Ponto pro UOL (não acredito que disse isso).

 

Daí eu pergunto: que importância tem a república das Minas Gerais diante de uma frase como essa daí de cima?

… e eis que José Serra inovou o conceito de Vergonha Alheia. Conseguiu superar o líder do PCO da Vergonha alheia, Lucas Celebridade.

Notinha:

Acho que você sabe quem é Lucas Celebridade.

Figurinha fácil (com duplo sentido) na blogosfera brasileira, seu objetivo é ser, como já indica seu apelido, uma Celebridade. Ele não beira o ridículo, porque nesse abismo já despencou de há muito. Vergonha alheia define o menino.

Não tenho nada contra Lucas tornar-se Celebridade. Pelo contrário, rezo muito para que isso aconteça. Até porque a alternativa é ele ser professor de português. Isso, sim, seria o fim do mundo.

Mas Lucas não faz mal a ninguém, não tá robano, não tá matano, só pede um pouco de sua atenção (ainda que para isso cegue o conceito de noção com seus ensaios sensuais). Tampouco tem planos para o pré-sal.

Enfim. Teamlucas.

Anúncios

Telemarketing do Serra, liga pra miiiiiiimmmm!!!!

Deve ter chocado alguns e irritado a muitos a notícia de que o telemarketing do Serra tá insistindo na história de que a Dilma é a favor do aborto. Isso não me choca em nada e me irrita pouquinha coisa. Mas só pelo fato de eu pensar que ele podia tá falano de pograma de governo, ele podia tá apresentano poprosta, ele podia tá comparano os governo, mas não, ele aproveita sua hora no ônibus pra falar mal dos outros.

Daí eu comecei a remexer a Cher (meu neurônio de estimação de chama Cher, é perua que nem ela, mas deixa isso prá lá) e pensei, cara, se eu recebo um telefonema desses, como seria o diálogo?

Porque, né? Se eles são espírito de porco, meu lado ectoplasma suíno grassa forte em minh’alma. E, se eles contam uma mentira torta, que não faz sentido algum numa mente de uma comunista notória de esquerda boa praça, eu posso contar uma teoria da conspiração tão genial (modéstia não é o meu forte, sorry) que, por não fazer sentido algum pra ninguém, é capaz de ser tomada como verdade absoluta na cabecinha de merda de gente capaz de mudar voto por causa de mentiras sobre aborto e tals.

Mas, voltando ao imaginário diálogo telefônico que eu travaria com o telemarketing do Serra, seria mais ou menos assim (claro, o futuro do gerúndio iria comer solto. Modo telemarketing, né?):

– Boa tarde, gostaria de estar sabendo se alguém na casa esteve votando na Marina.

– Eu votei, sim, zifia, em que posso estar lhe ajudando?

– Nós gostaríamos de estar lhe informando que José Serra é a melhor opção de voto no segundo turno, porque a Dilma é contra  a natureza, ela inclusive estaria sendo a favor de matar criancinha, porque ela é contra os preceitos de Deus, e defende o aborto, viu, senhora?

– Ó, zifia, eu num quero te decepcionar, não, mas acho que ssuncê tá mal informada. Sabe quem andou fazendo aborto na década de 1960?

– A Dilma, senhora?

– Claro que não, zifia! Foi a Mônica Serra! E a mando do José Serra, ainda por cima!

– Mas senhora, José Serra é um homem honrado que tem filhos…

– … que não são dele! Porque eu não sei se você sabe, mas eu sou prima da irmã da cunhada de uma das filhas do Serra, e soube que nenhum filho do Serra é legítimo! O Serra não pode ter filhos, e a mulher dele era louca pra ter filhos! Quando soube que tomou um chifre nazidéia, ele levou a mulher pessoalmente num carniceiro chique no úrtimo em Santiago do Chile, e mandou a mulher tirar o filho. Mas a família da Mônica é muito católica, e quando o sogro do Serra ficou sabendo do aborto, disse que ou a filha dele tinha um filho com outro homem ou ele, José Serra, seria um homem sem culhões. E, cá entre nós, depois desse diálogo, o Serra ainda levou a mulher pra fazer mais um aborto, daí o sogro dele capou ele e aí a Mônica teve os filhos. A Folha de SPaulo tem essa história prontinha, mas a Eliane Catanhêde não deixa ser publicada… por que você acha que ele não defendeu a mulher no debate da Bandeirantes?

– Mas, senhora, essa história não procede, porque…

– Zifia, eu tô te falando! Eu conheço o Serra pessoalmente! Conheço essa história não é de hoje! Eu convivo com a filha dele, tá pensando o quê? Eu a Veroniquinha somos tão íntimas que ela ia abrir a empresa em Miami comigo, mas a irmã do Dantas tinha mais grana do que eu, então ela preferiu uma sociedade mais sólida, sabe?

– Senhora, essa informação não procede, pois a informação que eu tenho é que…

– iiihhh… telemarketing proativo, né? Esquece essa bagaça que você tem nas mãos, zifia! Eu sei do que eu tô falando! E te digo uma coisa que ninguém sabe: a verdadeira função da Dilma Roussef no grupo terrorista do qual ela participava!

– Como assim, senhora?

(Pronto! Desarmei a pobrezinha e despertei interesse nela. Lá vem o bote:)

– A função da companheira Vânia era levar todos os companheiros à missa aos domingos! Porque eles eram de uma facção comunista defendida pelo Vaticano, e não poderiam se afastar dos insígnios de Deus, nem de Jesus! Ela jamais pgou em armas, sua função era distribuir ramos no Domingo de Ramos e ofertar a hóstia consagrada aos irmãos!

– Mas como a senhora sabe disso?

– Minha prima foi colega de faculdade da Paula Roussef, e me contou tudo! Tô te dizendo, zifia, a Dilma é carola de não perder uma missa desde que fez a primeira comunhão, e levou o presidente Lula à missa várias vezes! Você num tem idéia de como magoa nela essa história de aborteira e tals… pensa que é fácil ser a favor do milagre da vida e ser obrigada a ouvir essas baboseiras calada, é?

– Mas, senhora, ela defende o MST, que é um grupo que propagandeia a desordem no campo e…

– Ba-le-la! Tô te dizendo, isso é tudo ba-le-la! Sabe quem é o DONO do MST, mas DONO de mandar mais que Saddam Hussein no Iraque?

– Quem?

– José Serra.

– Não é possível, senhora!

– Mas claro que é possível! Naquela cabecinha sórdida de corno eunuco estéril, ele resolveu dominar o MST de forma bem macabra: ele manda o MST fazer bastante algazarra no campo, e daí ele vem com a Kátia Abreu e joga a culpa no Lula e no PT! Isso custa quatro milhões de reais por mês ao Serra, e o dinheiro vem do Preto! E o Serra tá puto com o Preto porque o Preto fugiu com a féria de maio, o Serra teve que tirar do próprio bolso o suborno do MST!

– Mas senhora, o MST defende a reforma agrária…

– …porque o Serra mandou! Na verdade, eles defendem o latifúndio, são uma ong favorável ao agribusiness. Mas o Serra manda eles se pintarem de comunistas, só pra difamar o PT!

– Mas que canalha filho de uma mãe!!!

– Veroniquinha que me confidenciou isso… tô te falando!

– Ai, que facínora! como é que um homem desses continua solto, Meu Deus?

– é, agora vamos falar de você: você vai continuar defendendo o voto pr’esse facínora falso, ou vai votar na Dilma, a Redentora de Jesus, como era conhecida entre a galera da VAR-Palmares?

-Senhora, eu…

– aperta o um, aperta o três, aperta o botãozinho verde e sijoga, zifia!

– Vou fazer isso, mesmo! Muito obrigada por me esclarecer, senhora!

– De nada, zifia, às ordens…

Porque não basta falar mentira. Tem que ter cara de pau. Muuuita.

E você, acreditou na historinha? Uai, passa óleo e acredita! 😀

(e porque trolar é de Deus…. 😉 )

Quantos debates?

Daí a cobrança geral é de que devem haver vários debates para que se discutam idéias e propostas e programas blablabla whiskas sache blablabla…

E eu pergunto: prá quê tanto debate, gente? Se só no de ontem foi um monte de uma vez só?

Como é que é, dona Bruxa? Cê tá variando das idéias?

Tô, não, zifios. Contem comigo quantos debates foram:

1- O debate vencido pelo José Serra, de acordo com o Sérgio Guerra

2- O debate vencido pela Dilma, segundo o Mercadante

3- O debate vencido pelo Plínio, de acordo com o Twitter

4- O debate vencido pela Marina, de acordo com… (quem?)

5- O debate do confronto, segundo a Marina

Inda tem cabra que quer mais ?!?!!?!?

Pelamor, gente! Devagar com o andor…

😉

Jura que tem cabra que acredita nisso?

Cê quer mentir pra mim, fique à vontade. Mas só te peço uma coisa: seja crível (=faça com que sua mentira fique acreditável).

Tipos, fale uma coisa que não seja desmentível por uma mera busca no Google, por exemplo. Caso contrário eu serei obrigada a expor o ridículo da sua mentira.

Certa feita, recebi da irmã Therezinha, minha professora de religião em priscas eras (tenho um lado santa, fazer o quê?), um texto contando sobre um secretíssimo estudo da CIA sobre o governo Lula, que os senadores brasileiros analisaram com muita preocupação durante uma sessão mais secreta ainda no Senado Brasileiro. Só que essa sessão ocorreu numa segunda-feira. Gargalhei profundamente! Como se senador brasileiro trabalhasse às segundas-feiras! (Inda vou encontrar a resposta que eu mandei pra ela pra publicar aqui…)

Enfim, desta vez o e-mail diz que a Dilma não pode entrar nos EUA porque é terrorista… ela esteve nos EUA há TRÊS MESES,MINHA SANTA, como não pode entrar lá?!?!?!!?!?!?!?

O conteúdo do e-mail foi publicado no site do Azenha, mais precisamente aqui. ei-lo:

Você pode responder a esta pergunta ?
A PERGUNTA É A SEGUINTE:[gente que não sabe a diferença entre caixa alta e caixa baixa…]
No caso da srª Dilmente[Cara, isso é um desserviço à informação! O nome dela é Dilma! Se vc acha engraçadinho escrever Dilmente, ou Dilmerda, ou seja lá qual for o trocadilho idiota que você pensou, imagine que pra um trocadilho ser bem-sucedido ele tem que ser compreendido por todos que o lerem. Quem garante que, por exemplo, um lisboeta vai entender que Dilmente é a sua referência à Dilma? Isso vale para José Serrágio, Falha de SPaulo e por aí vai… prá quê se dar ao trabalho de desdenhar ou de diminuir os outros? Eles são exímios em fazer isso por eles próprios, escreve que nem gente e não enche o saco, pô!] ser eleita Presidente do Brasil, quem será a pessoa que irá aos Estados Unidos para a fala habitual na Assembléia Geral da ONU, ou para discutir com o presidente americano sobre questões de comércio, por exemplo?
A Presidente não irá, com 100% de certeza. [cem por cento, ameba? jura pelos seus neurônios?]
Então, repito a pergunta: Quem irá aos Estados Unidos no lugar dela?
Bem, você deve estar intrigado com esta pergunta meio sem sentido, não é? [tadinha da ameba… querendo fazer suspense!]
Aqui vai a explicação:
Dilma Roussef foi condenada nos Estados Unidos pelo seqüestro do embaixador norte-americano, na década de 60 (Charles Elbrick) remember? Juntamente com outras pessoas (por exemplo: Fernando Gabeira) [ah, foi? Jura? Quando foi o julgamento? Onde e como a Dilma se envolveu? Você tem provas do envolvimento dela? Aliás, esse suposto julgamento – se ela foi condenada nos EUA é porque houve um julgamento, certo? – conseguiu comprovar o envolvimento dela no sequestro do embaixador?]
A pena é bem grande e não há como pensar em liberdade condicional. Lá o crime não prescreve ! [Hummm… festival de palavras vagas e genéricas aqui…pra começo de conversa, defina lá. Porque, nos EUA, cada estado interpreta de forma diferente uma lei. E pode variar de prisão perpétua a pena de morte, nesses casos. e o crime de sequestro passou a não prescrever A PARTIR DE 2001… mas por que eu estou argumentando prescrição de crimes nos Estados Unidos? Que tribunal americano aceitaria julgar um crime que não ocorreu em território americano?]
A questão secundária é que isto vale para outros 11 países. [QUE OUTROS ONZE PAÍSES, AMEBA?!?!?!?! Se você detém essa informação, liste os onze países, e diga como e por que vale e, principalmente, defina o ISSO da sua frase, caramba! Isso o quê? Crime? Prescrição? Sequestro? Liberdade condicional? Aliás, cê tem certeza que cê sabe do que está falando?]
Muitos governantes de países periféricos [países periféricos! Periferia do quê? de onde? Muitos governantes? quais? Liste pelo m,enos DOIS, pra ajudar a caracterizar o conceito de muitos…] já foram apanhados nesta armadilha e a maioria perdeu o cargo que ocupava [pelo menos a concordância tá certa… a maioria perdeu. Mas perdeu, é? quem perdeu? Onde, quando, como e por quê? Você tem como comprovar o que você disse?], para satisfação da oposição local. [de novo: c tem como comprovar sua afirmação?]
Nós temos uma solução ideal para resolver esta questão: não elegê-la presidente [aaahhhh, tá bem! É isso então que você quer, que eu não vote na Dilma? Tá bom, eu prometo não votar na Dilma. Mas ME DÊ MOTIVOS RACIONAIS E LÓGICOS, CARAMBA!] . Desta maneira ela poderá escolher lugares muito confortáveis para viver o resto da vida como, por exemplo, Havana, em Cuba, ou La Paz na Bolívia [tá copiando aquele comercial da American Express, é, Ameba? “Você vai pra Paris, mas precisar não precisa. Pode ir pra Cochabamba, Assunción…” quer dizer, não consegue nem ser original no elitismo subdesenvolvido, né? Taqueopa…], o que resolverá vários problemas: os dela e os nossos [Ai, jura? iNão votar na Dilma vai resolver o problema dela como? E os nossos problemas -aliás, quais são os nossos problemas? – serão resolvidos como? quer me tirar do sério, é só fazer uma redaçãozinha de bosta com argumentos mediocremente reunidos e dispostos de forma escrota!].
Portanto, pare de imaginar que é implicância minha quando coloco na Internet a folha corrida policial desta senhora [é, tentei mas não consegui encontrar um site confiável (tipos: POLÍCIA FEDERAL / ARQUIVO HISTÓRICO NACIONAL / DOPS) que trouxesse a ficha criminal de Dilma Roussef. O site oficial da campanha petista afirma:
Como jamais participou de qualquer ação armada, a Justiça Militar a condena apenas por “subversão”, com pena de dois anos e um mês de prisão
Mas não há nenhum site oficial de justiça capaz de dar chancela a tla afirmação. E há outros inúmeros sites que afirmam que ela atirou, matou, sequestrou, comeu dinossauro, assou criancinha, enfim, foi o demo em forma de gente. Achei ambos muito pouco confiáveis – o primeiro pela falta, os segundos pelo excesso]. cheia de crimes. Esqueça estes documentos e (se for o seu caso) continue com a sua fé inabalável nas qualidades desta mulher, legítima porta-voz da quadrilha do sr.Lula da Selva. [outro trocadilho escroto! Por que selva, ameba? qual foi a gracinha que você quis fazer aqui?]
[E se você pensa que esse texto já abusou do direito de ser idiota, prepare-se, porque agora a ameba vai se esmerar! Reparem só nos conhecimentos jeográficos da dita…] Mas……. se eu fosse você, começava a me preocupar com esta possibilidade. Já pensou se ela resolve fazer uma visitinha àquele cara simpático e ultra democrático da Venezuela, o Huguinho Chávez [não sei se vocês repararam, mas essa frase foi irônica, tá? A  única coisa que se salva nela é a crase correta no àquele] e, de repente, uma tempestade no Caribe obriga o avião a descer em Miami,
que fica ali perto [GAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH!!!!!!!!!!!! OLHA O MAPA, AMEBAAAAAAAAAAAAAAA!!!
Agora, aproveita e desenha prá mim como é que, nessa sua suposta tempestade caribenha, alguém que venha de (A) Brasília para (B) Caracas terá que desviar o vôo para a Flórida, lá nozencima? Faz pouco caso da minha inteligência, não, ameba!)
. Imagine a encrenca monumental que nem o presidente americano vai poder desfazer?
Bem… talvez você seja um sábio e tenha uma boa idéia para resolver a situação. Por isto volto a perguntar:
Quem vai representar o Brasil nas viagens internacionais aos Estados Unidos e aos 11 países onde ela pode ser presa no próprio aeroporto onde desembarcar?

Bom, eu me dei ao trabalho de argumentar frase por frase desse textinho debosta daí de cima porqque, como diria a irmã Selma, isso é uma coisa que re-la-xa…

Outra coisa: este texto daqui, da Folha de SPaulo (foi o que deu pra arranjar…) lista todos os participantes de sequestros de embaixadores no Brasil na década de 1960. Se você ficar com preguiça de ler o texto inteiro, dê-se apenas ao trabalho de dar uma busca (CTRL+F) na palavra Dilma. Você vai encontrar 4 ocorrências – nenhuma delas dentro do texto a ser (não-)lido. Ou seja… esquece!

Mas se você quiser derrubar esse textinho, basta devolver UMA ÚNICA pergunta. Não ao autor-ameba, que não se identificou, mas ao Google.

Oh, oráculo da Internet, Dilma Roussef já viajou aos Estados Unidos?

Então, deixa esse texto de lado e vá lavar louças que você será mais útil à sua casa, vai…

(Mas, se você for um ectoplasma suíno (/espírito de porco) de carteirinha, vai ler este texto aqui e se deliciar com o melzinho da “minha santa”…. )